sábado, 22 de outubro de 2011

AUSÊNCIA

Não é saudade
Que passeia aqui.
Talvez um vazio
De cama  esquecida.
Um barulho familiar
Que  já não se ouve.
São rimas de saudade
Que despertam de cada
Detalhe do passado.

MônicaFSSoares

Nenhum comentário:

Postar um comentário