quarta-feira, 25 de maio de 2011

SILÊNCIO

    Para Cecília


Dentro de mim
Há um silêncio
Constante.
A sobreerguer
Os versos...
Dentro de mim
o silêncio
Toca o vento...
E a lira esquecida
Num canto
Suspira melodias
Infantis,
Aspira um cheiro
Bom de orvalho.
Sinto tudo delirar
Em prantos,
Revolvendo
A poeira triste,
Assoprando
Meus dedos finos.
O tempo ainda
É tempo
E lá fora
O silêncio eterno
Está sólido.
Aqui  dentro,
Está solto,
Vagando...
Pondo flores
Nos vasos
Pondo cheiro
No verso
Vazio e calmo ...

MônicaFSSoares

terça-feira, 24 de maio de 2011

JANELA

Janela é palavra
Que significa viver.

Há janelas em
Muitas janelas.

São pedaços de almas
De tantas almas.

Uma parte é fria
Parada de se vê,
Outra é vida
De se viver.


MônicaFSSoares

segunda-feira, 23 de maio de 2011

PERGUNTAS

Fiz tantas
Perguntas!!!
Que
Quase
Me esqueci .

MônicaFSSoares
23/5/2011

CORAÇÕES PASSARINHO

                                                                               A Cecília e Elson

Quando dois corações
Se reconhecem
O impacto  ás vezes
É arredio.
Mas o tempo devagarinho
Quebra as correntes
E os dois corações
Voam juntos
Como dois passarinhos ...

Quando dois passarinhos
Se aninham
O estar nunca
É sozinho.
A vida constrói
Armadilhas.
O tempo esculpe
O ninho
E os dois dormem
Sempre juntinhos.

MônicaFSSoares
23/5/2011