terça-feira, 16 de novembro de 2010

COISAS NOVAS

O novo
É o velho
quew se disfarsa
E nos assusta !

Sempre olho o velho
E nele o novo se mostra
Arredio e tímido
Assim como o mundo ...

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O VER

É um território de imagens
distorcidas as ilusões.
Visões de um mundo
transitório e feliz...

Uma apoteose de rostos belos
onde carne e ossos
apenas desfigurarão...

A essência é uma fragância
que se tenta pegar
mas tudo que absorvo
está no ar...

ANDORINHAS




Fazemos parte de um mundo
que nos despe
e nos mutila.
Nossas faces de nada
sorriem e choram
por quase nada.
E mesmoassim como soldados
do amanhecer
somos andorinhas
á toa, á toa.
Sempre.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

CRIANÇA




O nascer da poesia
Está na criança
Que cria e 
Recria o mundo.
Está na sua sede
De se ver nos outros.
Está na sua vontade
De querer infantil
E impulsivo.
A criança pulsa
O pulsar dos astros
A força mágica
Do rodar dos mundos.
A criança diz o indizível
Que se faz e
Que acontecerá.
A criança vislumbra
Um amanhecer
De pássaros
Que inundarão o mundo
Do fluir do vento
Da mansidão da alma
De alguém ...

MônicaFSSoares

PRECE


Preciso sangrar
as dores
de um parto
não nascido.

Engolir os
desatinos
que brotam
hilariosamente!

São os pecados
da mente
sendo expurgados
para o espírito
ser santificado
todo os dias.

Em nome do pai
do filho
e do espírito
que é santo!

Amém.



Mônica FSSoares

sábado, 15 de maio de 2010

A MISTURA


Na mistura da vida
A terra se iguala a água
O amor ao ódio insensato
O grito do lobo ao
Canto da cotovia
As plumas vão dissipando
Em frágeis  adeuses de verão.
O beijo se solta leve
Incapaz de solidificar-se
Em frases.

Na mistura da vida
O vento acarinha
O broto.
A mãe floresce
em sonhos.

Na mistura da vida
o que urge é a vida.

Mônica FSSoares

sábado, 10 de abril de 2010

ESTADO

Ser poeta
Não é profissão
É um estado
Uma missã0.

Ser poeta
Esta na beleza
De encruzilhar
Palavras soltas
Como tristeza.

Ser poeta
Mexe comigo
Não sei se vou
Ou se fico ...

Ser poeta
Me livra
Do peso
Do sorriso .

MônicaFSSoares

domingo, 14 de março de 2010

PENSAMENTO

O pensamento
apenas
voa
vagueia
sem rumo
sem pressa
solto
livre
e
leve.

O pensamento
aninha-se
a outro
pensamento
e forma
uma rede
deixando
uma espuma
fluctuantes
do pensar
de tantos ...
de poetas ...
de loucos ...
de amantes ...
De histórias
sem começo
sem fim.

O fim
é um pensar ...
que não
aceito
em mim.

Mônica FSSoares


Viva a poesia !

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

MAIS

Mais um ciclo de nossas vidas
termina para recomeçar ...
Tenho medo dos que não erram,
dos que não arriscam, dos que
não se jogam para experienciar
a vida.
É no erro, no risco, na experiência
que a vida acontece
e nos tornamos mais humanos,
menos transparentes ...
Nossa humanidade é medida
no que escrevemos todos os dias.
Ás vezes estamos poucos inspirados
e fazemos rascunho de nós mesmos.
É tão importante rascunhar e reescrever
nossa história, pois é o exercício da
escrita que demonstrará o talento
do escritor.
O que buscamos é a perfeição
mas para tal é preciso viver,
é preciso mergulhar nos ensinamentos
crístico do amor ...
Procurar o que não se conhece é a busca
de todo ser.
Um ano consciente do que precisamos:
do outro;
do equilíbrio do homem e do seu meio;
de doar mais que pedir;
de mostrar sem ferir;
de menos bagagem ao partir;
de ser elo sem acorrentar;
de ter poder para transformar...
de ter tempo para si e para mim;
de ser feliz !

Mônica FSSoares