FALTA

                                                                                                                     a Selma e Leo

Sinto falta de um
Ouvir amigo...
Só a poesia apóia
O meu triste viver de fim.

Ouvir o soluço do choro
Da voz quebrada
No ritmo alucinado da vida
Que parte sem o seu viço.

Ser capaz de levantar
As pálpebras pesadas
Num abraço de borboletas
Todas simples e coloridas.

Sinto falta do olhar
Do distante amigo
Capaz de entender
No meu olhar
Tudo o que eu digo.

MFSS em 27/8/10

Comentários

Postagens mais visitadas